LUIZA

sábado, 22 de julho de 2017

MORREM DOIS RENOMADOS POLICIAIS DA POLÍCIA CIVIL BAIANA



A Polícia Civil da Bahia perdeu dois dos seus principais expoentes, nesta semana. Os delegados Antônio Medrado de Alcântara e Edgar Cavalcant Medrado morreram deixando um legado de responsabilidade, companheirismo e amizade, elementos marcantes em suas personalidades, que eram dignas da nossa admiração.
Ambos ocuparam cargos de grande importância dentro da Polícia Civil. Antônio Medrado dedicou 40 anos de sua vida à segurança pública e quando do meu ingresso na carreira policial, em 1995, era diretor da Academia da Polícia Civil (Acadepol), onde exerceu com comprometimento e zelo a função de educar e preparar os novos policiais.
Carreiras
De 1977 a 1979, Antônio Medrado ocupou o cargo de delegado-geral, bem como o colega Edgar Medrado o fez, no início da década de 90. Os dois delegados ingressaram na corporação no ano de 1967, tendo Edgar se aposentado, em 2001, e Antônio, em 2007.
Edgar Medrado exerceu o cargo de Corregedor-chefe da Polícia Civil, entre os anos de 1977 e 1979 e 1999 e 2001. Ele morreu, na quarta-feira (19), aos 86 anos, na Croácia.
Já Antônio Medrado, faleceu ontem (20), na cidade de Érico Cardoso, e a cerimônia de cremação ocorreu, nesta sexta-feira (21), no Cemitério Jardim da Saudade, em Brotas.
Os dois deixam muitas saudades e ensinamentos.

Bernardino Brito Filho - Delegado Geral

Nenhum comentário:

Postar um comentário