segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Policiais militares realizam abordagens na Grande Vitória



Foto: Fred Loureiro/Secom-ES

Policiais militares estão realizando ações de patrulhamento, blitze, pontos de bloqueio e captura de criminosos em diversas regiões da Grande Vitória. A operação começou na quinta-feira (17) e teve continuidade nesta sexta-feira (18), iniciando pelo bairro Jardim Camburi, em Vitória, e contou com militares da 12ª Cia Independente, instalada no bairro há 5 meses.
Durante a abordagem desta sexta, quatro pessoas foram presas em flagrante com droga, dinheiro, balança de precisão e recipientes para consumo de entorpecentes. Além das ações de policiamento, as pessoas bordadas recebem folders com dicas de segurança e informações para contato e sobre como participar de reuniões no bairro aonde moram.Durante a tarde, as abordagens foram realizadas Avenida Fernando Ferrari e em outros municípios. Em Viana, equipes da Força Tática intensificaram o patrulhamento em diversos bairros. Na noite de quinta-feira (17), os policiais apreenderam uma escopeta calibre 12; uma sub metralhadora .45; um carregador do mesmo calibre; 54 munições .45; 11 munições calibre 12; seis munições deflagradas calibre 12 e 11 munições 380. Nest sexta-feir (18), a PM está realizando ações preventivas e abordagens em veículos, coletivos e com foco especial em motocicletas. O trabalho tem apoio das equipes do Canil, da Força Tática do 7º BPM, 11ª Cia Indepedente e do Notaer.
As ações são resultados de reuniões que a Polícia Militar vem realizando com moradores, comerciantes e lideranças comunitárias nos bairros. A partir da intensificação desses diálogos, o comando da PM planeja ações de bloqueio e patrulhamento.
"Essas ações acontecem desde março, com planejamento, emprego de efetivo unidades de policiamento e trabalho em parceria com as comunidades. Os moradores são os nossos maiores aliados nesse trabalho. É importante destacar essa parceria. Além desse importante laço com as comunidades, é imprescindível que a população registre as ocorrências e denuncie crimes e criminosos por meio do 181. O sigilo é absoluto. A identidade de quem denuncia é preservada. Essa conduta nos ajuda a formular as ações de patrulhamento", ressaltou o coronel Alexandre Ramalho, comandante de Policiamento Ostensivo Metropolitano.
Denúncias e informações que possam colaborar com o trabalho da polícia, podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181. O sigilo e anonimato são garantidos.
Júnior Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário