sexta-feira, 1 de março de 2019

Operação Lava Jato: comparsa de operador do MDB na Itália é preso


Após expedição da 13ª Vara Federal de Curitiba, por determinação da força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná, a Interpol cumpriu nesta semana o mandado de prisão preventiva do advogado luso-brasileiro Leonardo José Muniz de Almeida, que foi encontrado na Itália.
As investigações apontam que, nos últimos anos, Muniz de Almeida atuou como principal responsável pela lavagem do produto dos crimes praticados por Raul Schmidt Felippe, suposto operador do MBD, contra a Petrobras.
De acordo com o Estadão, os procuradores afirmaram que “as apurações se iniciaram a partir de cooperação jurídica internacional com Portugal e de comunicação espontânea das autoridades da Nova Zelândia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário