segunda-feira, 13 de maio de 2019

Policiais civis participam de Curso de Entradas Táticas promovido pela Aesp



A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp) realizou entre os dias 06 e 09 de maio, Curso de Entradas Táticas para policiais civis. O treinamento visa aprimorar os conhecimentos práticos empregados no cotidiano policial, além de promover a melhoria da capacidade de concentração, ação e reação, trabalho em equipe e domínio das técnicas operacionais.
Segundo o inspetor Eduardo Sabóia, que atua na Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil do Ceará, e é um dos instrutores do curso, a capacitação é voltada para ao treinamento prático com foco na padronização das ações de cumprimento de mandado de prisão, busca e apreensão e principalmente, na preservação da vida.
“É basicamente tudo focado nos fundamentos do tiro e na parte de entradas propriamente dita, nos ambientes confinados… A ideia desse curso é nivelar os policiais civis para que a partir do momento que eles forem cumprir um mandado, eles tenham a noção de saber como fazer a tomada do ambiente, o tornar seguro, para depois irem fazer as buscas… O mais importante é a segurança da equipe, é isso que a gente preza muito nesse curso”, pontua Sabóia.


Durante o curso, os policiais passaram por instruções de tiro policial; retenção de arma; noções de arrombamento; deslocamento e aproximação, dentre outras técnicas. Além de treinamento de CQB (Close Quarters Battle), que é o combate em ambiente confinado.
Para o inspetor Fábio Lopes, que atua no Núcleo Operacional da Divisão de Homicídios, participar desta capacitação é uma oportunidade de aprimorar os conhecimentos adquiridos ainda na formação inicial. Ele avalia positivamente o curso. “É muito importante porque se trata uma formação continuada, que dá continuidade ao que a gente aprendeu na Academia… É um curso muito bom, um curso técnico, e é de fundamental importância para o nosso mister, porque está diretamente relacionado à nossa prática, à nossa atividade do dia a dia, que é exatamente o cumprimento de mandados de busca e apreensão”, declarou o inspetor.
Esta foi a primeira edição do Curso de Entradas Táticas deste ano e contou com a participação de 20 policiais, lotados no Departamento de Polícia Especializada (DPE) e nas Delegacias de Homicídios da PCCE. Outras duas turmas estão previstas para acontecer ainda neste primeiro semestre de 2019. Em 2018, a Aesp realizou duas turmas deste curso, qualificando 38 profissionais de segurança pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário