terça-feira, 10 de setembro de 2019

Disputa em Jarinu (SP) promete agitar Campeonato Brasileiro de Motocross


Hector Assunção, da Honda Racing, está confirmado na sexta etapa do Brasileiro de Motocross 2019. Crédito: Idário Café/Mundo Press​

Jarinu (SP) - A equipe Honda Racing encara neste fim de semana (14 e 15/9) a sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, em Jarinu (SP), cidade a cerca de 80 quilômetros da capital paulista. Jetro Salazar e Hector Assunção representam o time na MX1, com a CRF 450R. Já Lucas Dunka, Leonardo Souza e Matheus Klysman aceleram na MX2, com a CRF 250R. A equipe vermelha também está pronta para disputar a Elite MX e defender a liderança da categoria, com Hector Assunção.A programação dos pilotos Honda começa na sexta-feira (13), com a participação em um bate-papo com alunos da rede municipal de ensino de Jarinu. O sábado (14) é dia dos treinos livres e classificatórios das principais categorias, e no domingo (15) são realizadas as corridas. O local do evento é o SP Race Park. Os ingressos custam R$ 10 e podem ser adquiridos por meio do site www.ticketfacil.com.br.
Motivado pela vitória na última corrida da MX1, em Faxinal (PR), e pela liderança da Elite MX, categoria que reúne os melhores do campeonato, Hector Assunção está bastante confiante para a etapa.
“Consegui me preparar bem, já que a pista é pequena e travada. O chão é mais firme e do jeito que eu gosto. Quero vencer as duas baterias e finalizar o fim de semana mais perto da liderança da MX1 e continuar na ponta da Elite MX”, planeja o paulista, quarto colocado na classificação da MX1.
Para Jetro Salazar, o treino na última semana na pista em Jarinu foi essencial para saber que lá será difícil fazer ultrapassagens. “Por isso, nesses treinos finais, focamos muito a largada. Estou me sentindo bem e vou em busca de bons resultados para alcançar a ponta no campeonato”, destaca o equatoriano.
Ele ocupa a terceira posição tanto na Elite MX quanto na MX1.
Leonardo Souza, Lucas Dunka e Matheus Klysman, terceiro, quarto e sexto colocados, respectivamente, na classificação geral da MX2, também se familiarizaram com o terreno. “Gostei bastante da pista e estou pronto para conseguir um melhor resultado nas corridas e também no campeonato”, ressalta o catarinense Souza. “Não gosto muito do piso duro, mas ando bem. Quero conquistar o máximo possível de pontos para me aproximar dos ponteiros”, almeja o conterrâneo Dunka. “Fizemos alguns ajustes nos treinos e estamos adaptados ao terreno”, completa Klysman.
A equipe satélite Circuit Honda também marca presença na sexta etapa. Os pilotos Humberto Martin, o “Machito” (MX1), Reginaldo Ribeiro, o “Juninho” (MX2), e Rafael Araújo, o “Bubinha” (MX2 JR), estão confirmados.
A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada por Pro Honda, Circuit, Apinestars, DID e Seguros Honda.
Campeonato Brasileiro de Motocross - 6ª etapa

Nenhum comentário:

Postar um comentário