domingo, 29 de setembro de 2019

Em um ano, preço da cebola na Bahia teve alta de mais de 100%, aponta SEI


O preço da cebola na Bahia teve um aumento de 100,7% entre agosto de 2018 e julho deste ano, segundo dados divulgados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais do estado (SEI). O estado é o segundo maior produtor de cebola do Brasil, e fica atrás apenas de Santa Catarina. Um dos fatores dessa excelente posição é a qualidade da hortaliça, que, segundo a SEI foi prejudicada pelo excesso de chuvas no primeiro semestre de 2019.
De acordo com a superintendência, o problema gerou o aumento no preço, somado ao crescimento da incidência de fungos e bactérias na produção da planta, que impactou nas vendas quando somado ao alto índice de descarte. Além do aumento do valor do produto Brasileiro, o problema levou também à intensificação na importação de cebola chilena e argentina para suprir a baixa oferta interna.
Com a alta dos preços, em Salvador, o percentual teve maior elevação com 49,2% em julho de 2019, se comparado a junho do ano passado, quando registrava 7,8%, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC). No mesmo período do ano passado, o preço da hortaliça teve queda de 33,8%, em virtude do significativo aumento da produção na microrregião de Juazeiro, fazendo crescer a oferta e pressionando os preços para baixo. *Informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário