terça-feira, 10 de setembro de 2019

Tratorista que tinha ordem para não se aproximar da ex é preso pela Polícia Civil



Campo Grande (MS) – Policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Fátima do Sul prenderam um tratorista, de 33 anos, que se aproximou da ex-mulher que teve pedido de medidas protetivas deferido pela Justiça de Dourados. Conforme relatos da vítima, uma dona de casa de 24 anos, o casal teve um relacionamento por dois anos e se separou há três meses, porém o tratorista não aceita.
Em julho a mulher procurou a Delegacia de Atendimento à Mulher de Dourados e registrou um boletim de ocorrência de ameaça contra o acusado, que teria lhe enviado diversas mensagens e uma carta com ameaças de morte. Na ocasião ela solicitou medidas protetivas que foram deferidas pela Justiça.
Em agosto, a vítima que mora em Dourados, foi até Fátima do Sul fazer a festa de aniversário da filha, fruto de outro relacionamento. O tratorista que não foi convidado para a celebração apareceu na casa dos familiares da dona de casa e desde então passou a perseguir a ex-companheira, que novamente procurou a Polícia Civil, que representou pela prisão do acusado.
Na sexta-feira (6), o tratorista que teve a prisão decretada pela 4ª Vara Criminal de Dourados, por descumprimento de medidas protetivas de urgência, crime este previsto na Lei Maria da Penha, foi localizado e preso pelos policiais do SIG de Fátima do Sul, sendo em seguida colocado à disposição da Justiça.
Publicado por: JOELMA BELCHIOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário