segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Calculadora de Aposentadoria


Um dos assuntos mais procurados no momento é a calculadora de aposentadoria. Isto por que muitas pessoas estão preocupadas com as novas regras da Previdência. “Será que já tenho tempo para me aposentar?
O portal “Meu INSS” até a presente data (06/12/2019) não está atualizado com as novas regras e a antiga calculadora ali existente não está mais disponível, o que dificulta o acesso aos direitos dos segurados da Previdência Social.


Enquanto o sistema oficial do INSS, para cálculo do seu tempo de contribuição da Nova Previdência, ainda não está disponível, você mesmo pode elaborar uma planilha simples de contagem de tempo de contribuição.
Por ela (ao menos) é possível saber quanto tempo você tem (ou seu cliente, caso o leitor seja advogado) e quanto tempo falta para aposentadoria, possibilitando saber se se enquadra nas regras de transição ou não.

Planilha para cálculo de tempo de contribuição INSS
A documentação básica que é necessária para fazer esta planilha é o Extrato de contribuições (CNIS), CTPS completa e Carnês de contribuição.
Outros documentos podem ser necessários, como o PPP (perfil profissiográfico previdenciário), CTC (certidão de tempo de contribuição), decisão de processo trabalhista que reconheceu vínculo empregatício, tempo de atividade rural, dentre outros.

1º PASSO
Analisada a documentação, você deverá lançar na planilha todos os períodos passíveis de contagem de tempo de contribuição, mesmo que controversos, mas que podem ser comprovados judicialmente, caso o INSS venha a indeferir administrativamente.
Deverão ser feitas duas planilhas: uma para homem e outra para mulher.

2º PASSO
Criando sua planilha
Dados básicos:
NOME DA PLANILHA: CONTAGEM DE TEMPO DE SERVIÇO HOMEM;
NOME DO SEGURADO;
COLUNA A “NOME DA EMPRESA”
COLUNA B “DATA ADMISSÃO”
COLUNA C “DATA DA DEMISSÃO”
COLUNA D “TEMPO COMUM – TC / TEMPO ESPECIAL –TE” – aqui será inserida uma fórmula, você deverá preencher com TC ou TE para a soma ser correta
COLUNA E “TEMPO
COMUM” – resultado
COLUNA F “TEMPO ESPECIAL” – resultado
COLUNA G “TOTAL”

EXEMPLO:


3º PASSO – coluna D
Nesta coluna você deixará em branco para ser preenchido quando quiser diferenciar tempo especial de tempo comum.

4º PASSO – coluna E
Fazendo a fórmula de contagem de TC
Nesta coluna, basta você subtrair coluna C da coluna B e arrastar a fórmula até a linha que desejar. FÓRMULA =C8-B8



5º PASSO – coluna F
Fazendo a fórmula de contagem de TE
Excel é como expressões matemáticas: você escreve e acha o resultado.
Então você vai dizer ao Excel que se você colocar “TE”, quer determinado resultado e se você colocar “TC” ou deixar em branco (0), quer outro resultado.
Portanto, no modelo que estamos fazendo, na coluna F você vai colocar a seguinte fórmula
SE (D8=”TE”;E8*0,4;0)
Isso significa que estou dizendo ao Excel que se eu colocar TE na coluna D8, então a coluna E8 deve ser multiplicada por 0,4, que é o fator de conversão de tempo especial para homens. E assim por diante. Se for mulher, basta substituir 0,4 por 0,2, que é o fator de conversão de tempo especial para mulheres.
Depois de colocar a primeira fórmula é só arrastar até a linha que desejar.





6º PASSO – coluna G
Na última coluna, será somado o tempo comum mais o tempo especial (TC + TE), portanto basta inserir a fórmula =E9+F9


7º PASSO – contagem final
No modelo que estamos fazendo foram utilizadas 35 linhas, mas você pode usar quantas você desejar, para mais ou para menos, basta adaptar suas fórmulas da planilha.
LINHA 5 – COLUNA B
Nesta coluna deverá ser colocada a idade do Segurada, pois será somada ao tempo de contribuição para resultado da aposentadoria por pontos.
LINHA 37 – COLUNA E
Nesta linha você irá somar todos os dias de contribuições de tempo comum.
Portanto, basta inserir a fórmula correspondente a quantidade de linhas que sua planilha tem. No nosso exemplo, =SOMA (E9:E36).
LINHA 37 – COLUNA F
Nesta linha você irá somar todos os dias de contribuições de tempo especial. Portanto, basta inserir a fórmula correspondente a quantidade de linhas que sua planilha tem. No nosso exemplo, =SOMA (F9:F36).
LINHA 37 – COLUNA G
Nesta linha você irá somar todos os dias de contribuições de tempo comum e de especial. Portanto basta inserir a fórmula correspondente a quantidade de linhas que sua planilha tem. No nosso exemplo, =SOMA (G9:G36).
LINHA 38 – COLUNA G
Nesta linha você irá somar o total de tempo de contribuição sem conversão de tempo especial em comum. Portanto, basta inserir a fórmula =E37/365.
LINHA 39 – COLUNA G
Nesta linha você irá somar o total de tempo de contribuição com conversão de tempo especial em comum. Portanto, basta inserir a fórmula =G37/365.
LINHA 40 – COLUNA G
Nesta linha você irá converter em meses. Portanto, basta inserir a fórmula =((G37/365)-INT (G37/365))*12
LINHA 41 – COLUNA G
Nesta linha você irá converter em dias. Portanto, basta inserir a fórmula =(G40-INT (G40))*30
LINHA 41 – COLUNA G
Finalmente, nesta linha você irá somar o tempo de contribuição mais a idade para saber os pontos. Portanto, basta inserir a fórmula =G39+B
Caso você prefira adquirir uma planilha mais completa com as regras antigas, você pode adquirir aqui.

Calculadora de aposentadoria da Nova Previdência
Existem muitos programas de cálculos disponíveis no mercado.
Muitos deles, inclusive, atualizado com as novas regras da Previdência.
Entretanto, para quem não tem familiaridade com cálculos previdenciários ou não atua na área, fica complicado decifrar os resultados ou simplesmente inserir as informações corretas para o cálculo.
Muito mais difícil, ainda, é para o segurado.
Para este, a saída é procurar um advogado especializado e solicitar a realização do seu planejamento.
Para advogados que ainda não atuam na área ou tem pouco experiência, mas gostaria de apoio, pode procurar especialistas em cálculos para fazer o planejamento previdenciário com as novas (e antigas) regras para seus clientes (e fique tranquilo, o cálculo irá acompanhado de um parecer e até um modelo de peça, se for o caso).
Texto adaptado do original.

Pâmela Francine RibeiroPRO

Nenhum comentário:

Postar um comentário