quinta-feira, 18 de junho de 2020

Buerarema: Vereadores querem transparância nos destinos dos recursos do covid 19



Na sessão do dia 17, da Câmara Municipal de Buerarema, os vereadores cobraram do prefeito Vinicus, transparência na aplicação dos recursos do covid-19. Segundo eles, a cidade só realizou até agora, depois de três meses, cerca de 850 testes rápidos e contratou apenas 20 pessoas para trabalhar. Eles também denunciam que os trabalhadores que estão na barreira da entrada da cidade, recebem apenas água mineral e não tem direito ao lanche. O município, segundo o vereador Ênio Vieira, o município está recebendo quase 3, 5 milhões entre verbas e emendas para o combate ao coronavírus e este dinheiro não vem sendo aplicado corretamente. “Buerarema é a única cidade que ainda não distribuiu o kit de alimentação dos estudantes e ninguém explica o que ocorreu. Não contratou quase ninguem para trabalhar e está usando profissionais da ativa para ficar na barreira da cidade, não investiu em EPI e tão pouco em cestas básicas para o povo. Onde está indo o dinheiro? ” concluiu. O vereador Wagner Moto Táxi, disse “que é necessário mais transparência com relação aos recursos. Sabmos que a verba é para comprar equipamentos de segurança, alimentação e combate direto ao convid-19 e este dinheiro não vem sendo empregado e o prefeito s´fazendo live e mais live e a cidade passando por esta situação”, disse.
O vereador Helinho, presidente da Câmra Municipal, defendeu a autonomia da casa e disse que não se deve temer o poder executivo. É preciso denunciar as falcatruas e não ter receio de reivindicar o que é bom para a cidade.Falou que a prefeitura gastou mais de 90 mil com um portal na entrada da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário