terça-feira, 24 de novembro de 2020

Justiça decreta prisão de acusados pelo assassinato de um homem com 44 tiros em Guaratiba

O juízo da 3ª Vara Criminal da Capital expediu mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra quatro acusados de um homicídio praticado em fevereiro deste ano em Guaratiba, na Zona Oeste da Cidade. A vítima, Francisco Adriano Tomás, recebeu 44 tiros disparados por Lincoln Brandão da Cruz dos Santos e José Carlos Luiz da Silva, conhecido por Pará, quando estava dentro de um bar. Os outros denunciados pelo crime são Diego de Albuquerque Forte e Maurício Lopes dos Santos. Segundo a denúncia, os quatro pertenceriam a um grupo de milicianos, que praticavam homicídios, furtos e ameaças aos moradores da região. Após o assassinato, os criminosos roubaram as jóias e o carro de Adriano. Em seguida, foram assaltar a casa da vítima, utilizando o veículo no deslocamento. Nesta segunda-feira (23/11), uma operação para prender os acusados foi realizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), em conjunto com a Delegacia de Homicídios da Capital. Diego e Maurício foram presos no início da manhã. José Carlos já estava preso e Lincoln ainda está foragido.
Fonte: Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário