sábado, 5 de dezembro de 2020

Dezembro vermelho - O amor é contagioso, a Aids também. Previna-se!

O Dezembro Vermelho é um mês de conscientização e combate ao HIV/Aids e outras infecções sexualmente transmissíveis no Brasil. O Ministério da Saúde escolheu este mês por conta do dia 1º de dezembro que é o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. A campanha tem foco na prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com HIV/Aids. - Você sabia que HIV e Aids são coisas diferentes? De acordo com a Unaids (Joint United Nations Program on HIV/AIDS), programa das Nações Unidas que tem a função de criar soluções e ajudar nações no combate à Aids , o HIV (vírus da imunodeficiência humana) é um vírus que se espalha através de fluídos corporais e afeta células específicas do sistema imunológico, tornando o organismo incapaz de lutar contra infecções e doenças. Já a Aids (Síndrome de Imunodeficiência Adquirida) é a doença infecciosa causada pelo vírus HIV. Pessoas infectadas pelo HIV podem permanecer por mais de dez anos sem desenvolver sintomas da doença.No Brasil, o teste para HIV é oferecido totalmente gratuito, assim como o tratamento para os portadores de infecções por retrovírus, como é o caso do HIV. Embora não seja ainda a cura, o tratamento com coquetel de remédios, combinado com um estilo de vida saudável, permite aos pacientes terem uma vida longa e sadia. Soropositivos que se tratam corretamente podem vencer até mesmo infecções como o novo coronavírus. Mas o melhor mesmo é prevenir, então use sempre preservativos no contato sexual, não compartilhe seringas e agulhas, nem reutilize objetos perfurocortantes com presença de sangue ou fluidos. Atenção também para os cuidados de prevenção da transmissão vertical (gravidez, parto ou amamentação).
Referências: Unaids, Fiocruz, Ministério da Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário