quinta-feira, 13 de maio de 2021

Loiro Pivete: Fotolivro retrata movimento estético de jovens negros da periferia de Ilhéus

Será lançado amanhã (14), no site www.loiropivete.com.br, o livro digital fotográfico Loiro Pivete: Da Margem Ao Centro, de autoria da fotógrafa baiana Ana Lee Sales. O fotolivro se embala no movimento estético de descoloração e pintura de cabelo de jovens negros de Ilhéus-BA. O projeto é construído com intuito de fortalecer narrativas e valorizar a criatividade e ousadia da moda periférica, que atravessa estruturas, olhares e redefine noções de autoestima e identidade. O fenômeno popularmente conhecido como “Loiro Pivete” está vinculado a ritmos periféricos como o pagodão baiano e o funk carioca e se estabelece como uma forma de pensar moda a partir de referências de dentro da própria comunidade. Para compor o livro fotográfico, Ana Lee registrou imagens e essências de crianças e jovens nas comunidades onde moram. “Acredito no potencial da arte, cultura e beleza humana na construção de uma sociedade mais justa, plural e diversa, com indivíduos respeitados por sua identidade e estilo, admirados por sua ousadia e inteligência, uma sociedade onde ser pivete seja símbolo de alegria, irreverência e criatividade”, destaca a fotógrafa. Imagens da iniciativa estão disponíveis no Instagram @loiro.pivete. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário