quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

No 36° Ano da DeMolay, sessão recorda pioneirismo de Itabuna


Em meio a relatos emocionados de maçons e vereadores, a Câmara de Itabuna celebrou na quinta, 25/11, os 36 anos de instalação da Ordem DeMolay na cidade. Na sessão especial, Israel Cardoso (Agir) sublinhou que, com o Capítulo 40, Itabuna tornou-se, em 30/11/1985, a primeira cidade da Bahia a ter uma célula da organização que atua na formação social, moral e filantrópica de jovens entre 12 e 21 anos. “Os pilares de liberdade e os ensinamentos da filosofia DeMolay são ferramentas importantes na formação ética e cidadã dos jovens para edificação de uma sociedade justa e fraterna”, declarou. O vereador repassou aos DeMolays a Moção de Congratulação aprovada pelo Plenário na quarta-feira, 24/11. "O pioneirismo demolay só reforça o quanto Itabuna sempre acreditou em nossa juventude", frisou Israel. Fundador do Capítulo 40, o maçom José Humberto Martins declarou que a Ordem DeMolay "na essência é uma verdadeira escola de líderes". Emocionado, Martins exortou os jovens a viverem movidos por sonhos. Ele endossou o caráter filantrópico da organização que é patrocinada pela maçonaria. "Para ser DeMolay é necessário ser útil à sociedade", declarou o pioneiro que é membro da Loja Maçônica Areópago Itabunense. Um dos oficiais do Capítulo 40 que discursaram na sessão especial, o Primeiro Conselheiro, Paulo Rich, destacou que os mais de 900 jovens formados pela organização fraternal em Itabuna "tiveram suas vidas totalmente mudadas". O preceptor, Jorge Miguel Souza, afirmou que o grande segredo da Ordem reside nos laços fortes de fraternidade entre os jovens demolays que formam "uma aliança pela causa do bem". A sessão especial pelos 36 anos do Capítulo 40 de Itabuna teve homenagens póstumas ao criador da Ordem DeMolay em 1919, o americano Frank Sherman Land; e ao brasileiro Alberto Mansur que trouxe a organização para o Brasil em 1980. O evento teve a presença dos capítulos 28 de Julho (de Itabuna) e Itajuípe. A venerável rainha, Isis Leal, representou as Filhas de Jó, ala juvenil feminina da maçonaria. Fotos: Pedro Augusto

Nenhum comentário:

Postar um comentário