segunda-feira, 23 de maio de 2022

Livramento recebe primeiro Selo do Serviço de Inspeção Municipal


O município de Livramento certificou o seu primeiro empreendimento com o Selo do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). O Laticínio Malu, localizado na comunidade de Várzea de Dentro, agora pode comercializar seus produtos, de forma segura, para a população de todo o território Bacia do Paramirim. A ação é resultado do convênio firmado entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), e o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Bacia do Paramirim. O laticínio já produz muçarela e iogurtes, dentre outros alimentos derivados do leite. A proprietária do estabelecimento, Thaís Cristina, destaca a importância da adesão do município ao SIM. “A expectativa é vender mais e aumentar a receita do laticínio. Os nossos produtos, agora, com a inspeção e a fiscalização técnica da qualidade, da higiene e da segurança, vão ganhar mais mercado”.

Para o coordenador de Agroindústria da CAR, Gledson Moreira, a parceria entre a SDR/CAR e o Consórcio possibilitou a concretização desse serviço tão importante e essencial, que é a certificação da agroindústria e seus produtos. “Com este selo é gerado emprego, renda e circulação do dinheiro de forma local, colaborando para o desenvolvimento da região, uma vez que toda a cadeia produtiva é beneficiada”. A SDR/CAR, em parceria com os consórcios públicos, tem ampliado as oportunidades, formando equipes técnicas e infraestrutura mínima para operacionalizar esse serviço, com orientação e todos os requisitos necessários para certificar a produção das agroindústrias de pequeno porte.

Já são 55 agroindústrias certificadas e 232 produtos com o Selo do SIM, que podem vender seus produtos, com valor agregado e de acordo com as normas sanitárias exigidas, para o mercado atacadista e varejista, nos territórios onde estão localizadas. A ação garante ainda segurança alimentar para os consumidores.

O SIM é responsável pela inspeção e fiscalização da produção industrial e sanitária dos produtos de origem animal, comestíveis e não comestíveis, preparados, transformados, manipulados, recebidos, acondicionados, depositados e em trânsito, no município. Para aderir ao serviço, os representantes de empreendimentos devem procurar as secretarias de Agricultura dos municípios onde já foi aprovada a Lei do SIM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário