quarta-feira, 7 de setembro de 2022

Sertões: Goianos Lélio Jr/Weberth Moreira completam mais uma etapa Maratona e se mantém entre os Top 5 da UTV3






Lélio Jr/Weberth Moreira estão no TOP 5 da UTV3 no acumulado (Ricardo Leizer/Fotop)


Goianos completaram todas as nove Etapas estão no Piauí, em Bom Jesus
(Doni Castilho)
Se a primeira perna da Etapa Maratona do Sertões foi considerada “casca dura”, a segunda perna então... E a dupla goiana Lélio Jr/Weberth Moreira (Fifi Rally Team) deu conta do recado nos mais de 900 km (somados os dois dias das etapas 8 e 9) rasgados de Maratona, na qual os competidores não podem receber apoio mecânico externo. A 9ª etapa, disputada na segunda-feira, 5, teve 409 km de trecho cronometrado, entre Mateiros (TO) e Bom Jesus (PI) – com direito à breve passagem pelo Estado do Maranhão. No comando do Can-Am Maverick X3 #244, a dupla completou na 6ª posição na UTV3 e manteve a 5ª colocação na classificação acumulada da categoria, após nove dias de competição. Areia, estradas de piçarra e cascalho, muitas trilhas sinuosas, Especial difícil e sob calor intenso, mas perfeita para o piloto Lélio Jr: “Pensa numa dupla destruída? Cansados, muito cansados, mas, para variar, o mais importante: UTV inteiro! Que Especial pesada! Se fosse invertida, essa perna sendo a primeira, não chegava ninguém. Mas conseguimos andar muito bem, com um tempo bem próximo aos primeiros da categoria e sem arriscar o carro, diz o goiano que completa 18 participações no Sertões com quatro títulos. E o piloto conclui: “Pesada, rápida, sinuosa, perigosa... tudo que o Jalapão tem para uma Especial completa. Ou seja, uma delícia, exatamente o tipo de prova que gostamos!”. Nesta 30ª edição, Lélio Jr mudou o nome da equipe de PXD Rally Team para Fifi Rally Team por um motivo muito especial: em homenagem a perda da filha recém-nascida, Fiorella, em julho: “Um anjo que tem nos acompanhado por toda a prova”, finaliza o piloto. Com uma seleção de trilhas que só o Jalapão pode oferecer, o navegador Weberth Moreira comenta a etapa: “Uma Especial muito difícil na minha avaliação. Muita concentração, saídas e entradas, pela direita, pela esquerda, mas passamos ilesos. E ainda fomos o primeiro carro a chegar no acampamento. Como havia muitas possibilidades de escape, as equipes correram risco de errar o trecho. Como fizemos tudo certinho, chegamos mais cedo em Bom Jesus”, diz o navegador goiano. A 10º etapa do Sertões (6/9) será em laço com largada e o término no mesmo ponto, em Bom Jesus/PI. A bela e esperada travessia dos Cânions do Viana é a grande atração dessa Especial com 329 km. Cascalho, piçarra, erosões e trechos em areia – em estradas rápidas de fazenda - vão desafiar os competidores que, ao completar o dia. O rali termina no próximo sábado, 10, em Salinópolis, no Pará. Para acompanhar a dupla goiana durante o Sertões: Instagram @fifirally. O rali este ano poderá ser acompanhado ao vivo pelo Youtube/sertoesoficial em três programas diários às 8h, às 15h e às 20h. No App do Sertões, gratuito no Googleplay ou Apple Store, estão todas as informações sobre a competição. P.S. - Resultados completos: https://sertoes.com/resultados-app/

Nenhum comentário:

Postar um comentário